Crescimento de cafeterias: Saiba como apostar neste segmento



Há um crescimento de cafeterias no Brasil e, na verdade, isso não espanta ninguém. Afinal, não é de hoje que o café é um patrimônio da cultura brasileira e um dos queridinhos da população no país.


Prova disso é um estudo feito pela Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), que revela que 95% da população brasileira consome café, seja em casa, lanchonetes ou cafeterias.


Além disso, o consumo de café no Brasil cresceu 1,34% em 2020. No total, foram consumidas 21,2 milhões de sacas, fazendo com que o ano conquistasse o segundo lugar da série histórica, ficando atrás apenas de 2017, quando foram consumidas 22 milhões de sacas.


Ademais, segundo a Organização Internacional do Café (OIC), o Brasil é o segundo maior consumidor mundial da bebida, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.


Trouxemos todos esses dados atuais e relevantes apenas para te mostrar que: sim, investir de maneira certeira no segmento de cafeterias pode ser uma grande forma de obter sucesso. Afinal, as pessoas sempre estão interessadas em conhecer novos lugares para tomar um bom café.


Crescimento de cafeterias: o aumento no consumo de cafés premium


De acordo com a Euromonitor a maior parte do consumo doméstico ainda é de café tradicional. Entretanto, o mercado brasileiro de café premium está em constante crescimento. Hoje, esse consumo gira em torno de 70 mil toneladas, representando de 5% a 10% do consumo total no setor.


Entretanto, a busca por cafés premium cresce 15% ao ano, enquanto o consumo dos cafés tradicionais aumenta 3,5% ao ano. Por isso, é possível dizer que esse é um nicho que atrai cada vez mais adeptos e apresenta uma excelente previsão de crescimento nos próximos anos.


Por cafés premium, queremos dizer aqueles que tenham a origem e a seleção de grãos mais qualificada, produção com maior sofisticação e certificação. O resultado é um produto com sabor, fragrância, corpo e acidez diferenciada, além de uma maior proximidade com os cafeicultores. Ou seja, um produto mais exclusivo, dedicado para pessoas que buscam por um produto de melhor qualidade.


Conhecendo o perfil do público consumidor de cafés premium


O perfil das pessoas que estão auxiliando no crescimento de cafeterias, ou seja, que costumam se interessar por cafés premium, é caracterizado por uma curiosidade e interesse nos diferentes métodos de preparo do café. Também, destaque para a sustentabilidade e a origem dos produtos, que fazem parte da preocupação e do interesse dessas pessoas.



De acordo com dados revelados no site do Sebrae, sobre o “panorama do mercado de cafés e cafeterias no Brasil”, hoje, existem dois grandes perfis de público que se interessam e consomem o café premium:

  • Pessoas que consomem cafés especiais, entretanto, compram o produto em grandes de redes de varejo, seja nas lojas físicas ou online;

  • Os apaixonados por café (coffee lovers), que preferem ir até às cafeterias e buscam por uma experiência completa na hora de consumir o café. Preocupam-se com todo o conceito trazido pela bebida e pelo ambiente em que o consomem.


Ademais, vale ressaltar que o público que se interessa por café premium é bem dividido, formado 50% por mulheres e 50% por homens. Além disso, a maior parte dessas pessoas está na região sudeste (45%), seguida pelo nordeste (22%) e sul (17%).


Além disso, outro ponto de destaque é a idade média das pessoas que consomem café premium: a maior parte delas está na faixa etária acima dos 40 anos (40%), o restante tem entre 18 e 30 anos (35%) e entre 31 e 40 anos (25%).


Oportunidade de crescimento para cafeterias


Com todas essas informações que trouxemos acima, é certo dizer que esse é um segmento que está em alta. Afinal, com o aumento no consumo e na procura por cafés, surge também uma excelente oportunidade de crescimento para estabelecimentos e comércios que vendem o café e seus derivados. Por isso há o crescimento de cafeterias no Brasil.


Vale lembrar que as cafeterias não resumem-se a oferecer apenas o café. Elas também são conhecidas por serem espaços em que as pessoas vão para trabalhar, relaxar, ou para encontrar pessoas que gostam.


Além disso, é comum que o café seja acompanhado por lanches variados e/ou doces, tornando o momento mais especial e aconchegante para as pessoas. Entre as opções mais procuradas e consumidas estão os pães, cookies, brownies e bolos.


Por isso é importante que os estabelecimentos estejam prontos para atender essa demanda e desejo dos clientes, que buscam tornar o momento de tomar café ainda mais prazeroso.


O cenário das cafeterias no Brasil: é hora de apostar em uma franquia?


De acordo com estudo do Euromonitor, existem 3,5 mil cafeterias no Brasil. Entretanto, este número sobe para 13 mil quando contabilizadas as lanchonetes, bares e padarias.


Tratando-se mais especialmente das cafeterias, elas são divididas em diversas categorias, como:

  • Especializadas;

  • Não especializadas;

  • Premium;

  • Cafeteria brewery;

  • Cafeteria estilo série de TV;

  • Cafeterias veganas e sustentáveis;

  • Franquias de cafeterias;


No Brasil 34% das cafeterias são franquias, o que é uma ótima opção de investimento. Afinal, com as franquias é possível apostar em um negócio que já existe, é consolidado e faz sucesso entre os consumidores.


Por isso, se você é apaixonado pelo setor e está em busca de ter o seu próprio negócio, investir em uma franquia de cafeterias que está crescendo pode ser a opção ideal para garantir um sucesso rápido e certeiro.


Neste cenário, destaque para a Cookie Stories, uma cafeteria que começou a sua jornada em 2017 e, de lá para cá, já conta com quatro lojas e está aberta para novidades e expansões. Com um cardápio composto por doces, salgados e bebidas diferenciadas, a marca tem o objetivo de estar presente na vida e fazer parte da história das pessoas.


Ficou interessado? Então aproveite para visitar o site da Cookie Stories, confira o cardápio da marca e… Apaixone-se!


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
penta_3.png

voltar