Franquia de Cafeterias: Por que escolher a Cookie Stories?



Para quem está em busca de abrir um negócio, conhecer mais e estudar sobre o mercado de franquias de cafeterias pode ser um excelente negócio. Afinal, o hábito de “tomar um cafezinho” está presente na vida dos brasileiros há anos e, mais do que isso, está muito valorizado.


Isso acontece porque, de tempos para cá, o público, cada vez mais jovem, busca por experiências diferentes na hora de tomar café. Isso significa que essas pessoas buscam por serviços diferenciados e cafés especiais na hora de consumir o produto. E, nessa hora, as cafeterias ganham mais adeptos.


Afinal, além de tomar um café diferente, nesses estabelecimentos também é possível comer doces e salgados, experimentar cafés diferentes e, é claro, aproveitar o momento, seja sozinho, com amigos, parceiro(a), família, entre outros. Mas esse hábito de reunir-se fora de casa e com pessoas queridas para tomar café não vem de hoje.


A origem das cafeterias


Antes de falar sobre a origem das cafeterias, é importante conhecer um pouco mais sobre a história do próprio café. Assim sendo, ela inicia-se antes do ano 1.000 d.C. quando o café, originário da Etiópia, era usado somente para alimentar os rebanhos durante as longas viagens.


Existe uma lenda em que um pastor da Absínia (atual Etiópia) levou até um monge um fruto que “deixava o rebanho alegre e disposto”. O monge experimentou uma infusão dos frutos e percebeu que ela lhe ajudava a ficar mais tempo acordado durante as meditações.


Não é possível ter certeza da veracidade dessa história, mas o que se sabe efetivamente é que o café começou a ser cultivado pela primeira vez em monastérios islâmicos no Yemen, Península Arábica. Então, ele foi levado para Constantinopla pelo Império Otomano e ali foi fundada a primeira cafeteria do mundo, a Kiva Han.


Passou bastante tempo para o café deixar de ser consumido como alimento cru e passasse a ser conhecido como a bebida a qual bebemos hoje. Foi só no século XVI que ele começou a ser torrado e, assim, ficou mais parecido com o nosso café atual.


Muito disso deve-se ao mundo árabe. Como a religião muçulmana não permite o consumo de bebidas alcoólicas, o café passou a ser bebido até mesmo nos cultos, sem ferir os princípios religiosos. Assim, em Meca foram abertas diversas Kaven Kanes, conhecidas como as cafeterias da época.


Os anos foram passando e a bebida começou a estar presente em diversos momentos importantes. Comerciantes e viajantes passaram a resolver negócios importantes bebendo café.


As cafeterias no ocidente


Inclusive, foram viajantes europeus que, em visita ao oriente, levaram o café para o ocidente e, uma das pessoas que provou a bebida a gostou dela, foi o Rei Luiz XIV.


Assim, em 1686, abriu as portas a primeira cafeteria de Paris, a Lê Procope. A partir disso, as cafeterias se tornaram lugares frequentados por intelectuais, artistas, mercadores e banqueiros, e eram conhecidas por serem lugares em que se discutia política e o desenvolvimento da sociedade. Sempre, é claro, regado por muito café.


Muitos anos se passaram e, de lá para cá, o consumo de café foi tornando-se cada vez mais popular em todo o mundo. A disseminação no ocidente foi tão grande que hoje os maiores consumidores mundiais do café estão no ocidente: em primeiro lugar estão os Estados Unidos e, logo em seguida, o Brasil.


Franquia de cafeterias: conhecendo o cenário brasileiro atual


Que o café é extremamente popular no Brasil não é novidade para ninguém. Entretanto, é importante conhecer os modelos de negócio mais bem sucedidos que envolvem o café. Neste cenário, destaque para as franquias de cafeterias.

De acordo com informações divulgadas pelo Sebrae, 34% das cafeterias no país são franquias, o que é uma ótima opção de investimento.


Isso acontece porque, ao apostar em uma franquia de cafeterias já consolidada, o empreendedor passa a comandar um negócio com menos chances de insucesso. Afinal, a marca já é conhecida pelos consumidores e, mais do que isso, ela já foi testada e aprovada. Ademais, dados comprovam as vantagens de investir em franquias:

  • De acordo com o Estadão, de 100 empresas abertas do zero, 23 delas fecham as portas antes de completar dois anos de operação. Isso corresponde a mais de 20% de insucesso

  • Tratando-se de franquias, o cenário muda. De acordo com o Portal do Franchising, a cada 100 franquias que abrem no Brasil, apenas cinco fecham as portas no período de dois anos. Isso corresponde a 5% de insucesso.

Franquia de Cafeterias: conheça a Cookie Stories


Unindo todo o conhecimento que trouxemos nesse artigo, pode-se concluir que investir em uma franquia de cafeterias é algo que, quando feito de forma inteligente, tem tudo para dar certo.


Para isso, é importante escolher bem qual será a marca da sua franquia. E a Cookie Stories pode ser uma excelente escolha. Atualmente com uma loja conceito e três franquias, a Cookie Stories tem um modelo construído para o sucesso.


E o objetivo é replicar este modelo em mais formatos e levar a experiência Cookie ainda mais longe.


Vantagens de ser um franqueado Cookie Stories


A franquia de cafeterias traz grandes vantagens para o empreendedor que deseja abrir a sua filial, como:

  • Modelo de operação simplificado, de fácil replicação e altamente rentável;

  • Produtos de fabricação própria, com possibilidade de inovação constante, mas sempre mantendo a padronização e a alta qualidade;

  • Marca autêntica, com marketing focado em criar relacionamento e engajamento;

  • Treinamento inicial, disponibilização de manuais e suporte constante pós-implantação.

Além disso, a marca traz produtos criativos e exclusivos, com blend e cardápio de café especial desenvolvido exclusivamente para a franquia. Ainda, por mais diferentes que as lojas sejam, elas trazem um ambiente acolhedor e, ao mesmo tempo, moderno e cosmopolita.


Garantindo que o cliente saia sempre satisfeito, com um sorriso no rosto e com a certeza de ter aproveitado ao máximo o seu tempo, pode-se dizer que a Cookie Stories é uma rede de cafés especializada em proporcionar momentos inesquecíveis.


Por fim, para quem está em busca de abrir uma franquia de cafeteria, a marca visa auxiliar empreendedores na missão de fazer do mundo um lugar recheado de momentos mais doces e felizes. Ficou interessado? Então vem saber mais e seja um franqueado Cookie Stories!


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
penta_3.png

voltar